Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


CONHEÇA SABARÁ

Uma das mais tradicionais cidades mineiras, Sabará contribuiu decisivamente para a formação cultural e a grandeza do Estado de Minas Gerais. O Município possui uma área de 315 Km2, com um clima tropical de altitude, com temperaturas amenas com máxima de 29 e mínima de 10 graus. A topografia é montanhosa sendo a cidade cortada pelos rios Sabará e das Velhas, além de inúmeros regatos, nascentes e córregos. A população, segundo o Censo de 2000, conta com 114.527 habitantes. 

HISTÓRIA

A antiga Villa Real de Nossa Senhora da Conceição de Sabarabuçu é o resultado de vários componentes históricos conta a denúncia contra Borba Gato à Câmara de São Paulo, em 1682; a sua fuga para o Vale do Rio das Velhas e a roça grande que plantou e prosperou. Hoje é um município com invejável produção siderúrgica e têxtil, produzindo também panelas de alumínio, artigos de ourivesaria, minério de ferro, pedra à vista e mármore além das atividades agropecuárias. Na confluência dos rios das Velhas e Sabará, a poucos quilômetros do povoado de Roça Grande, surgira o arraial de Barra do Sabará. Em julho de 1711, foi elevado à categoria de vila (a terceira de Minas). Sendo ponto de passagem do sertão para São Paulo, Barra de Sabará (que já em 1702 era considerado o arraial mais populoso de Minas) tornou-se pólo de atração de aventureiros em busca de ouro. Rapidamente se transformou em grande centro comercial entre as minas de ouro e a Bahia. Paralelamente, desenvolviam-se as artes, especialmente a música e o teatro. Sabará desempenhou papel importante no desenvolvimento musical de Minas no século XVIII. Apesar de um tanto descaracterizada por construções novas, Sabará conserva monumento isolados de arquitetura civil e religiosa de grande valor histórico que remontam à época da colônia.


Cultura
Arquitetura
 
Pousadas para Lua de Mel, Férias, Final de Semana, Reveillon e Carnaval